Home > Notícias > Serviços > Via 040 entrega novas viaturas à Polícia Rodoviária Federal

Via 040 entrega novas viaturas à Polícia Rodoviária Federal

Segunda-Feira, 7 de Outubro de 2019

Além da manutenção contínua do asfalto e da sinalização, bem como a prestação de serviços 24h, a segurança de uma rodovia é construída também a partir de uma fiscalização eficiente, trabalho que na BR-040 está a cargo da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Hoje, a Via 040, empresa do grupo Invepar, entregou à Superintendência de Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais seis novas viaturas que irão reforçar a frota de patrulhamento e fiscalização da rodovia, principalmente no trecho metropolitano de Belo Horizonte.
 
O repasse das viaturas para a PRF é viabilizado a partir da tarifa de pedágio no trecho sob gestão da Via 040, já que parte dela é reinvestida no aparato de fiscalização policial na rodovia. Desde que assumiu a concessão, em 2014, foram repassados mais de R$ 7 milhões em recursos de aparelhamento da PRF, como a compra de 27 viaturas blindadas e equipamentos eletrônicos de fiscalização, como balança portátil, etilômetros passivos, radiocomunicador, radar, dentre outros itens essenciais para melhorar os níveis de segurança na BR-040.
 
Segundo o Superintendente substituto da PRF, inspetor Bruno Schneider Raslan, a parceria entre o órgão, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Via 040 fortalece ainda mais o policiamento das estradas mineiras. “Temos intensificado a fiscalização rodoviária e esse esforço tem mostrado resultados positivos para a sociedade, como a redução da criminalidade. A fiscalização policial ostensiva contribui para tornar a rodovia mais segura, reduzindo também acidentes”, afirma Raslan. 
 
Luciano Moreira, superintendente da Via 040, ressalta que parcerias como essa reforçam as diversas ações desenvolvidas pela PRF na BR-040. "Dar melhores condições de trabalho para estes times que operam em sintonia conosco na rodovia é fundamental para elevar a segurança e a qualidade dos serviços oferecidos aos cidadãos", destaca Luciano.

Últimas Notícias